Visualizações: 91

Por ano, são desviados em média 60 milhões de energia elétrica em todo o Rio Grande do Norte com os “gatos”. É um prejuízo financeiro médio de R$ 28 milhões à concessionária. Os dados estão em balanço da Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, sobre as ações de combata às ligações clandestinas de energia elétrica (o popular “gato”) realizadas em 2017 e no 1º trimestre de 2018.

Leia matéria completa no site da Tribuna do Norte